sábado, 14 de novembro de 2009

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Programa AFS

PROGRAMA AFS – FAMÍLIAS DE ACOLHIMENTO
ESTUDANTES DE INTERCÂMBIO AFS
ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE MIRAFLORES

Este ano a Escola Secundária/3 de Miraflores está mais rica culturalmente. Uma das turmas é frequentada pela Essi. A Essi é proveniente de Lappeenranta, uma pequena cidade do sul da Finlândia, junto à fronteira com a Rússia. É uma pessoa extrovertida e facilmente faz amigos onde quer que vá. Adora teatro e há sete anos que faz parte de um grupo teatral onde ensaia várias vezes e com quem já representou várias peças. Também gosta de desporto e costuma praticar dança, pilates e bodypump para além de fazer jogging, habitualmente acompanhada pelo cão da família.

A Intercultura - AFS Portugal procura uma família de acolhimento para esta estudante AFS.

Gostaria de conhecer em profundidade outras culturas?

Entre em contacto connosco!

O que é a intercultura – AFS Portugal?
A Intercultura – AFS Portugal é uma Associação Juvenil de Voluntariado sem fins lucrativos. Não tem filiações partidárias, religiosas ou outras e tem estatuto de Instituição de Utilidade Pública. Tem como objectivos contribuir para a Paz e Compreensão entre os Povos através de Intercâmbios de jovens e famílias, para uma aprendizagem Intercultural e Educação Global.

O que é o Programa AFS – Famílias de Acolhimento?
São experiências de intercâmbio em que um jovem estudante vem viver, durante um ano, semestre ou trimestre lectivo para o nosso país. Fica numa família de acolhimento e estuda numa escola secundária. O estudante deverá ser integrado como um membro da família e partilhar alegrias e problemas familiares, dos privilégios e responsabilidades como todos os seus membros.

Anualmente, a Intercultura – AFS recebe estudantes com idades compreendidas entre o 15 e os 18 anos, provenientes de diferentes países. Estes programas permitem à família de acolhimento um contacto com outra cultura, outra língua, novos costumes e valores.

Intercultura – AFS Portugal
Rua de Santa Justa, 38 – 4º
1100-485 – Lisboa
http://www.intercultura-afs.pt
info-portugal@afs.org

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Resultados dos exames 2008/09

O Júri Nacional de Exames- JNE - integrado na Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular, tem por missão, em matéria da avaliação das aprendizagens, coordenar a planificação os exames nacionais e equivalentes, provas de equivalência à frequência e provas de aferição, bem como elaborar os relatórios decorrentes da realização de exames e provas.
Os resultados dos exames do ensino básico e secundário do ano lectivo 2008/2009 estão disponíveis no sítio electrónico do Júri Nacional de Exames.

http://sitio.dgidc.min-edu.pt/JNE/Paginas/default.asp

Gripe A - Planos de Contingência para as Escolas e Prevenção

Foi enviada a todos os estabelecimentos de ensino uma circular com os procedimentos a ter em conta, em caso de faltas de alunos por doença.
Na sequência da apresentação das medidas de contenção da Gripe A nas escolas e reunião com a Ministra da Educação, Ministra da Saúde, Direcções Regionais de Educação, Administrações Regionais de Saúde, Director Geral de Saúde, Direcção Geral da Inovação e Desenvolvimento Curricular, responsáveis do Programa de Combate às Doenças Infecto-contagiosas.
Consultar:

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Ranking Escolas Ensino Secundário

Escola Secundária de Miraflores - 40ª - Universo 606 escolas.
Média do Exame - 127,47
Nº de provas - 600

Classificação aceitável num universo de 606 escolas, do ensino público e privado, obriga a uma reflexão.

Como todas as médias e análises podem ser enganadoras, obrigando a uma análise mais profunda, nomeadamente sobre o número de provas realizadas por todas as escolas, a população escolar, o contexto sociocultural e económico dos alunos e o número de alunos por turma. Outros factores podem e devem ser considerados, como por exemplo o nível de exigência da escola, a preocupação dos professores na preparação para os exames, ou focar a aprendizagem para todas as matérias.
Estes rankings são apenas indicadores que nos permitem enquanto pais, obter algumas indicações subjectivas, das médias em cada escola, uma vez que não conhecemos quais as metodologias da avaliação.
Em resumo, devemos em conjunto tentar encontrar soluções que possibilitem que a escola pública ,cumpra o seu papel de inclusão na sociedade com qualidade, preparando os alunos para o futuro.

domingo, 11 de outubro de 2009

DIVULGAÇÃO











ENTREVISTA PUBLICADA NA REVISTA:




PAÍS ECONÓMICO - SETEMBRO DE 2009








LER + Em Família


Todos Podem Ler + em Família...
OFEREÇA LIVROS COMO PRESENTE...
ESCOLHA LIVROS QUE DÊEM PRAZER...
EM FÉRIAS E FINS DE SEMANA LEVE UM LIVRO CONSIGO...
A LEITURA ESTIMULA A INTELIGÊNCIA.....

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Informações

Recebemos da Direcção da Escola as seguintes informações:

Para aceder às informações clik nos Links.

Relatório de Escola - Trabalho realizado pelo Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova;
http://mirapais.googlepages.com/ES3Miraflores1.pdf



Serviço de Psicologia

http://mirapais.googlepages.com/ServiC3A7odePsicologiananossaEscola1.doc

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Informação

Após contacto com a direcção da escola, foi-nos comunicado que, brevemente estará disponível na página de internet, on-line, o impresso de justificação de faltas para o ensino secundário.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Informações Gripe A

Informação aos Pais
O principal veículo da Gripe A, são as gotículas que se expelem ao tossir e espirrar e secundariamente as mãos em contacto com as gotículas que transmitem o vírus.
Estima-se que oitenta por cento dos contágios ocorrem por esta via.
Leia com atenção :
- Se o seu filho tiver sintomas de febre, por favor não o leve para a Escola. - Lave sempre as mãos e diversas vezes ao dia. Não leve as mãos à boca.
- Se espirrar utilize um lenço de papel e deposite-o no lixo.
- Se tossir coloque o braço a tapar a boca.
- Ensine os seus filhos a protegerem-se.
- Supervisione e acompanhe os seus filhos na sua higiene.

Direitos Laborais

Foram introduzidas alterações no regime de assistência à família para a situação de pandemia da Gripe A
Os pais que ficarem em casa a tomar conta de um filho doente ou porque a escola foi obrigada a encerrar pela autoridade de saúde, têm direito a faltar ao trabalho para prestar essa assistência, através do recurso à “baixa médica”:
-30 Dias por ano se o filho for menor de 12 anos ou portador de deficiência ou doença crónica;
-15 Dias por ano se o filho for maior de 12 anos;
Durante todo o período de hospitalização;
Durante o período de encerramento da escola.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Lei sobre educação sexual nas escolas publicada hoje em Diário da República

06.08.2009 - 12h19 Lusa

Lei 60/2009 - Educação Sexual nas Escolas.

O diploma que estabelece a aplicação da educação sexual nos estabelecimentos de ensino básico e secundário a partir do próximo ano lectivo foi hoje publicado em Diário da República. O diploma realça que a nova lei pretende, entre outros objectivos, "valorizar a sexualidade e afectividade entre as pessoas no desenvolvimento individual, respeitando o pluralismo das concepções existentes na sociedade portuguesa" e a "redução de consequências negativas dos comportamentos sexuais de risco, tais como a gravidez não desejada e as infecções sexualmente transmissíveis".
A lei estabelece que, em todos os níveis de ensino e independentemente da transversalidade do tema a outras disciplinas, a educação sexual se integra no âmbito da educação para a saúde, em termos ainda a regulamentar pelo Governo.
A partir do próximo ano lectivo, os projectos educativos dos agrupamentos e das escolas não agrupadas devem incluir temas de educação sexual, em moldes definidos pela escola ou agrupamento, depois de ouvidas as associações de estudantes, as associações de pais e os professores.
O projecto de educação sexual de cada turma deve ser elaborado no início do ano pelo director de turma e pelo professor responsável pela educação para a saúde e educação sexual e deve incluir "os conteúdos e temas que, em concreto, serão abordados, as iniciativas e visitas a realizar, as entidades, técnicos e especialistas externos à escola, a convidar".
A carga horária da educação sexual deve ser adaptada a cada nível de ensino, não devendo "ser inferior a seis horas para o 1.o e 2.o ciclos do ensino básico, nem inferior a doze horas para o 3.o ciclo do ensino básico e secundário, distribuídas de forma equilibrada pelos diversos períodos do ano lectivo".
Segundo o diploma, no ano lectivo de 2009/2010 todos os agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas deverão ter em funcionamento gabinetes de informação e apoio que, em articulação com as unidades de saúde, garantam aos alunos o acesso aos meios contraceptivos adequados.
Estes gabinetes são assegurados por profissionais com formação nas áreas da educação para a saúde e educação sexual e deverão funcionar "obrigatoriamente pelo menos uma manhã e uma tarde por semana", garantir a confidencialidade dos utilizadores e disponibilizar "um espaço na Internet com informação que assegure, prontamente, resposta às questões colocadas pelos alunos".
A lei salienta a importância da participação no processo educativo de pais, alunos, professores e técnicos de saúde, destacando que os encarregados de educação e respectivas estruturas representativas serão informados de todas as actividades curriculares e não curriculares desenvolvidas no âmbito desta matéria.
Ao Ministério da Educação cabe garantir a formação necessária para o exercício da função aos professores com responsabilidades na condução da matéria.
A nova lei, aprovada a 04 de Julho na Assembleia da República, aplica-se às escolas do ensino básico e secundário da rede pública e aos estabelecimentos privados e cooperativos com contrato de associação.
O texto final foi aprovado por PS, PCP e PEV e recebeu votos contra do PSD, CDS-PP e dos deputados socialistas Matilde Sousa Franco, Teresa Venda e Maria Rosário Carneiro, enquanto o BE se absteve.
A oposição criticou o projecto do PS por ser ambíguo e acusou então os socialistas de terem recuado depois de falarem na distribuição gratuita de contraceptivos.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Exames 2009

Exames 2009 As provas de exame, realizadas e os respectivos critérios de classificação, estão disponíveis no sítio do Gabinete de Avaliação Educacional, em:

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Divulgação

Sessão Aberta Sobre o Alcoolismo.

Organizada por alunos do 12ªano Turma C3 em conjunto com a Associação Alcoólicos Anónimos Portugal.


15 de Junho 2009
Pavilhão D
Pelas 19h.00


A Associação de Pais associa-se a mais uma iniciativa levada a cabo pelos alunos da escola, tema de grande importância e que preocupa todos os pais.


Participem

http://www.aaportugal.org

terça-feira, 9 de junho de 2009

Informação Intermédia Disciplinar


Eleição Directora

Tomou posse no passado dia 26 de Maio apòs eleiçâo pelo conselho geral por unanimidade do cargo de Directora a Dra. Isabel Carvalho, à qual desejamos as maiores felicidades na sua nova função.
Foi igualmente conferida posse os restantes membros que fazem parte do novo orgão de gestão:
Sub-Director-Dr José Caselas
Adjuntos: Dra Isabel Diogo, Dr. Francisco Delgado e Dr. Jorge Azevedo
A todos votos de sucesso.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Recolha de Manuais

Do dia 22 a 27 de Junho, a Associação de Pais em conjunto com a Prof. Glória Sepúlveda, promovem a recolha de manuais escolares usados, para serem posteriormente entregues, aos alunos mais carenciados da escola.
Contamos com a vossa colaboração.
Local de entrega: Caixas junto à biblioteca.Em caso de alguma dúvida, é favor contactar-nos.ecolha de manuais escolares usados

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Divulgação


Junta-se cartas enviadas à DRELVT e DRHEducação.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Divulgação

De acordo com o Plano Anual de Actividades, no próximo dia 4 de Junho, com início às 20h30m, irá decorrer uma sessão de poesia, música e observação astronómica
- "Uma Noite ao Luar".
Esta actividade conta com a participação dos alunos do 7º. ano e da Associação Juvenil de Ciência (Observatório Astronómico/Faculdade de Ciências de Lisboa) e envolveu as disciplinas de Português, Ciências Naturais e Físico-Químicas, Educação Visual e Área de Projecto.
É uma actividade aberta a toda a comunidade, pelo que contamos com a vossa ajuda para a sua divulgação.

A presença dos Pais é importante nestas iniciativas.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Palestra Dr. Bagão Félix




A ESCOLA E OS VALORES DA EDUCAÇÃO


No passado dia 8 de Maio o Dr. Bagão Félix visitou a nossa escola. A convite da Associação de Pais veio dar uma palestra sobre “A escola e os valores da educação”. Assistiram turmas do ensino secundário.
O ex-ministro do Trabalho e das Finanças falou da escola como entidade ética e que esta deve ser uma cumpridora leal da delegação da família enquanto titular originária da educação dos filhos.
Aos alunos e professores presentes especificou alguns dos valores que, na sua opinião, precisam de ser cada vez mais implementados na escola e na sociedade: a decência, o respeito, o carácter, o orgulho de pertença, a mansidão e a exemplaridade. Palavras muitas vezes fora de moda e que precisam de regressar ao nosso quotidiano.
Com esta iniciativa, alguns dos nossos alunos tiveram a oportunidade de antever como será uma aula na universidade e de conversar uma das figuras públicas do nosso país.

No passado dia 8 de Maio o Dr. Bagão Félix visitou a nossa escola. A convite da Associação de Pais veio dar uma palestra sobre “A escola e os valores da educação”. Assistiram turmas do ensino secundário.
O ex-ministro do Trabalho e das Finanças falou da escola como entidade ética e que esta deve ser uma cumpridora leal da delegação da família enquanto titular originária da educação dos filhos.
Aos alunos e professores presentes especificou alguns dos valores que, na sua opinião, precisam de ser cada vez mais implementados na escola e na sociedade: a decência, o respeito, o carácter, o orgulho de pertença, a mansidão e a exemplaridade. Palavras muitas vezes fora de moda e que precisam de regressar ao nosso quotidiano.
Com esta iniciativa, alguns dos nossos alunos tiveram a oportunidade de antever como será uma aula na universidade e de conversar uma das figuras públicas do nosso país.
No passado dia 8 de Maio o Dr. Bagão Félix visitou a nossa escola. A convite da Associação de Pais veio dar uma palestra sobre “A escola e os valores da educação”. Assistiram turmas do ensino secundário.
O ex-ministro do Trabalho e das Finanças falou da escola como entidade ética e que esta deve ser uma cumpridora leal da delegação da família enquanto titular originária da educação dos filhos.
Aos alunos e professores presentes especificou alguns dos valores que, na sua opinião, precisam de ser cada vez mais implementados na escola e na sociedade: a decência, o respeito, o carácter, o orgulho de pertença, a mansidão e a exemplaridade. Palavras muitas vezes fora de moda e que precisam de regressar ao nosso quotidiano.
Com esta iniciativa, alguns dos nossos alunos tiveram a oportunidade de antever como será uma aula na universidade e de conversar uma das figuras públicas do nosso país.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Orientação Escolar e Profissional

O Conselho Executivo por proposta da Associação, assinou um protocolo de parceria com a Clínica Psicológica de Desenvolvimento Humano, com o objectivo de colocar à disposição dos alunos e Encarregados de Educação, um serviço de acompanhamento e orientação escolar.
Oportunamente todas as informações relativas a este assunto serão divulgadas aos directores de turma.
Nas situações em que pais ou encarregados de educação pretendam realizar o programa de acompanhamento e orientação escolar, directamente na Clínica Psicológica de Desenvolvimento Humano, usufruem, de um desconto de 30% sobre o valor de tabela (150€).

Os valores para a Orientação Escolar e Profissional, efectuados na escola, variam de acordo com o número de alunos inscritos e são apresentados no quadro seguinte:

Até 10 alunos 80€ cada
10 a 20 alunos 70€ cada
20 a 30 alunos 60€ cada
+ de 30 alunos 50€ cada

Desde já deixamos aqui o contacto da clínica.

www.clinicapsicologica.pt

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Divulgação

Caros Pais e Encarregados de Educação:

A Biblioteca da escola vai promover, durante os dias 2, 3 e 4 de Março, uma FEIRA DO LIVRO USADO. Esta iniciativa insere-se na "SEMANA DA LEITURA".

Queremos promover o livro e a leitura mas também angariar fundos e/ou novos livros para equipar a nossa biblioteca e outras bibliotecas, sobretudo do 1º ciclo, mais carenciadas. A ajuda de todos será fundamental para o sucesso desta iniciativa.

Assim, se tiver em casa livros:de literatura infanto-juvenilde literatura portuguesa ou estrangeira para adultosem bom estadoque promovam o prazer de ler E os quiser doar para esta feira do livro usado, entregue-os na Biblioteca da escola até dia 20 de Fevereiro. Agradecemos antecipadamente a vossa colaboração .
A coordenadora da Biblioteca,
Helena Araújo

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Adopção de manuais escolares para 2009/10

Já se conhecem as disciplinas e os prazos em que haverá adopção de manuais escolares para o próximo ano lectivo.
No 12.º ano, serão adoptados manuais em todas as disciplinas dos cursos científico-humanísticos, com excepção de Português, Matemática A, Matemática B e Matemática Aplicada às Ciências Sociais.
Também existirão novas adopções nos 2.º, 6.º e 8.º anos em Educação Moral e Religiosa Católica.
O prazo de adopção de manuais escolares para as disciplinas e os anos de escolaridade referidos decorre de 04 a 29 de Maio de 2009.
A vigência da adopção de manuais escolares para o próximo ano lectivo deverá ser estabelecida a partir do novo enquadramento legal, que integra as normas necessárias para o período de transição.
Mais informações
1 – Dossier Manuais Escolares em:
2 – Legislação em:

Divulgação

Blogue da biblioteca da Escola Sec. de Miraflores

Venho por este meio divulgar o endereço do Blogue da Biblioteca onde publicamos todas as actividades e novidades que vão tendo lugar na biblioteca da escola.
Contamos com a vossa participação.
Atenciosamente
A coordenadora da Biblioteca
Helena Araújo

Divulgação

Critérios para a elaboração de itens do tipo verdadeiro/falsoExames 2008/2009A decisão foi tomada segunda-feira, dias depois de alunos, pais e professores se terem mostrado preocupados com a opção do Gave de, nos exames deste ano, substituir os itens do tipo “verdadeiro/falso” com oito afirmações (com cotação total de 10 pontos) por itens do mesmo tipo com quatro afirmações (com cotação total de 5 pontos), abandonando, simultaneamente, a definição de níveis de desempenho intermédios, isto é, bastama uma resposta errada para não obter cotação. Informação do GAVENo sentido de aperfeiçoar as provas elaboradas pelo GAVE - melhorando os elementos de avaliação que as integram - foi decidido substituir, a partir do ano lectivo 2008/2009, os itens do tipo 'verdadeiro/falso' com oito afirmações (com cotação total de 10 pontos) por itens do mesmo tipo com quatro afirmações (com cotação total de 5 pontos), abandonando, simultaneamente, a definição de níveis de desempenho intermédios.Esta decisão baseou-se em estritas razões de ordem técnica, tendo havido a preocupação de garantir que o novo formato não tornaria as provas, no seu conjunto, mais fáceis ou mais difíceis, antes reduzindo os acertos devidos ao factor acaso.Por outro lado, reconhece-se que quaisquer alterações - ainda que justificadas - de critérios na elaboração das provas, provoca apreensão nos estudantes, prejudicando por vezes, os que mais se esforçam.
Assim, para reduzir os níveis de ansiedade dos alunos decide-se:A . Nas provas a realizar no ano lectivo 2008/2009, os itens do tipo 'verdadeiro/falso' - a existirem - terão oito afirmações e serão classificados de acordo com níveis de desempenho idêntico ao que vigorou no ano lectivo precedente.
As Informações-Exame serão alteradas em conformidade.B. Durante o presente ano lectivo, os itens com quatro afirmações serão experimentados em Testes Intermédios. No final do corrente ano lectivo será efectuada a avaliação do comportamento deste tipo de itens, decidindo-se então a sua introdução nas provas do próximo ano. Lisboa, 27 de Janeiro de 2009.
Carlos Pinto-Ferreira(Director do GAVE)